Lisboa no Ano 2000 – Uma Antologia Assombrosa Sobre uma Cidade que Nunca Existiu

Lisboa no Ano Uma Antologia Assombrosa Sobre uma Cidade que Nunca Existiu Bem vindos maior cidade da Europa livre bem longe do opressivo imp rio germ nico Deslumbrem se com a mais famosa das j ias do Ocidente A cidade estende se a perder de vista O ar vibra com a melodia i

  • Title: Lisboa no Ano 2000 – Uma Antologia Assombrosa Sobre uma Cidade que Nunca Existiu
  • Author: João Barreiros A.M.P. Rodriguez Ana C. Nunes CarlosSilva Guilherme Trindade João Ventura Joel Puga Jorge Palinhos
  • ISBN: 9789896374778
  • Page: 167
  • Format: Paperback
  • Bem vindos maior cidade da Europa livre, bem longe do opressivo imp rio germ nico Deslumbrem se com a mais famosa das j ias do Ocidente A cidade estende se a perder de vista O ar vibra com a melodia incans vel da electricidade.Deixem se fascinar por este lugar nico, onde as luzes nunca se apagam, seja de noite, seja de dia aqui a energia el ctrica chega a todos os lBem vindos maior cidade da Europa livre, bem longe do opressivo imp rio germ nico Deslumbrem se com a mais famosa das j ias do Ocidente A cidade estende se a perder de vista O ar vibra com a melodia incans vel da electricidade.Deixem se fascinar por este lugar nico, onde as luzes nunca se apagam, seja de noite, seja de dia aqui a energia el ctrica chega a todos os lares providenciada pelas fabulosas Torres Tesla.Nuvens de zepelins sobem e descem com as carapa as a brilhar ao sol Monocarris zumbem por todo o lado a incr veis velocidades de mais de cem quil metros hora O ar freme com o est mulo revigorante da electricidade residual Bem vindos ao s culo XX Lisboa no Ano 2000 recria uma Lisboa que nunca existiu Uma Lisboa tal como era imaginada, h cem anos, AMP Rodriguez, Ana C Nunes, Carlos Eduardo Silva, Guilherme Trindade, Jo o Ventura, Joel Puga, Jorge Palinhos, Michael Silva, Pedro Afonso, Pedro Martins, Pedro Vicente Pedroso, Ricardo Correia, Ricardo Cruz Ortig o e Telmo Mar al.

    One thought on “Lisboa no Ano 2000 – Uma Antologia Assombrosa Sobre uma Cidade que Nunca Existiu”

    1. A parte realmente interessante, ou seja, opinião conto a conto, está em baixo. Mas para quem não tiver pachorra para isso, aqui fica. Entre altos e baixos o saldo dos contos é positivo, aliás, mais que a média das antologias que já classifiquei. Mesmo assim, ainda bem que é mais que a soma das suas partes, devendo muito à conexão entre elas, ou teria de dar muito menos estrelas.Gostaria de viver nesta Lisboa? Não. Fiquei fã de electropunk? Curioso, talvez. Encontrei histórias intere [...]

    2. Alucinação consensual, universo ficcional partilhado: o mote para a colectânea de contos Lisboa no Ano 2000 é um retrofuturismo inspirado na ficção científica francófona da viragem do século XX, em particular na obra de Albert Robida. Estabelece uma visão distópica de um final de século XX imaginário onde a electricidade domina, o reino de Portugal mantém-se alicerçado num espaço mundial dominado pela Grande Alemanha com o reino inglês isolado e uma américa que nunca se chegou [...]

    3. e todas as antologias fossem assim era eu uma mulher feliz.Acho que esta é uma excelente forma de resumir a minha experiência a ler Lisboa no Ano 2000. Adquiri este livro no Fórum Fantástico logo após o seu lançamento e lá cravei autógrafos aos autores (happy me).Muitos contos, todos eles bem trabalhados e escritos, mas para minha infelicidade dois tinham AO logo a minha memória não os registou (sorry).Temos nestas páginas uma Lisboa que nunca tinha visto mas que me é familiar, mesmo [...]

    4. Lisboa no Ano 2000 - Uma Antologia Assombrosa Sobre uma Cidade que Nunca Existiu é uma antologia de contos que imaginam como teria sido Lisboa no ano 2000 se as previsões que se fazia há 100 anos tivessem sido concretizadas, num ambiente em que a eletricidade era a força motriz do dia-a-dia. Achei a premissa muito interessante e o facto de ser raro publicar-se por cá coisas do género, ainda para mais fruto da imaginação de autores portugueses, entusiasmou-me para esta leitura.O balanço [...]

    5. O esforço do organizador e dos autores em levar a cabo um empreendimento desta envergadura foi grande, mas valeu bem a pena. 'Lisboa no Ano 2000' é uma antologia eléctrica onde qualquer história, não sendo todas perfeitas, consegue ter sempre algo bom. Gostei bastante da antologia, da forma como algumas histórias se cruzam (embora não me tivesse apercebido desse pormenor logo de início) e fiquei com vontade de ler mais trabalhos de alguns dos autores publicados.

    6. Não é uma obra perfeita. Não o é. Nem algo muito entusiasmante e vibrante. Também não. Mas ter um livro destes na minha estante é um privilégio, e por isso só posso agradecer ao João a recomendação e claro, o autógrafo. Este livro é um claro sinal que a Ficção Científica em Portugal não está morta e ainda há muito boa gente com grande vontade e espírito de iniciativa em alimentar este género tão mal-amado no nosso país. Em comparação com a antologia Os Anos de Ouro da P [...]

    7. (Não me vou alongar muito porque já muitas e melhores críticas foram emitidas em relação à obra, em particular a do Artur Coelho com a qual concordo por inteiro)A primeira experiência (de que eu tenha conhecimento, pelo menos) Electropunk em Portugal, Lisboa no Ano 2000 é uma antologia a vários níveis electrizante, e um excelente exemplo não só do que uma antologia deve ser como aquilo de que os escritores portugueses na área da Ficção especulativa são capazes. À parte de um dos [...]

    8. Demorei o meu rico tempo a ler a antologia da qual também faz parte um conto meu, mas deixem-me explicar-vos porquê: a antologia é bastante volumosa e eu decidi ler espaçadamente os contos, entre outras leituras. Podia tê-la lido toda de uma vez, mas não quis. E agora finalmente terminei.Lisboa no Ano 2000 é um reinventar da capital portuguesa, como esta teria sido imaginada pelos autores do final do século XIX (com a monarquia ainda no poder e a electricidade como fonte de energia únic [...]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *